Fábrica de Heróis
Crie seu personagem

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

O que queremos no filme da Liga da Justiça


Confiram e deem suas opiniões.

Com o lançamento de um filme da Liga da Justiça sendo mais do que confirmado, os fãs estão altamente entusiasmados, o que pode ser visto na internet. Como alguns sites e blogs fizeram diversas listas do que deveria ou não ter no tal filme, decidi fazer uma aqui pro Fábrica de Heróis.
Aí vai:

1- Ter como fonte de inspiração Os Novos 52
Eu sei que alguns fãs mais antigos e conservadores vão discordar comigo e pode ser que alguns listem mil e um motivos para um possível filme da Liga não ser inspirado (Pelo menos não em grande parte) na linha dos Novos 52. Mas eu defendo um filme que tenha essa inspiração. Como essa linha é uma versão atualizada e contextualizada dos seus heróis (Alguns vindos de forma desastrosa), seria interessante tomar essa iniciativa. Claro que para enriquecer o filme teriam de colocar mais cenas e refazer diversos ganchos, mas o arco inicial mostranso a invasão de Darkseid a Terra seria foda de se ver na telona.

2- Manter a mesma equipe dos Novos 52
Novamente insistindo nos Novos 52, eu digo que a equipe usada nele seria muito boa no cinema também. Superman, Batman, Mulher Maravilha, Flash e Lanterna Verde já eram de se esperar. O Ciborgue, apesar de sempre ter sido um Jovem Titã, foi uma adição meio que surpreendente ao grupo, com sua origem sendo ligada a invasão e seu papel sendo definitivo para acabar com o confronto. Acho que de todos esses, o único descartável mesmo é o Aquaman.

3- Manter um tom sério, porém descontraído
Tudo bem que Batman Begins levou os filmes de super heróis a outro patamar, sendo que seu realismo e o tom sério e sombrio levado pela película em praticamente 100% do filme ajudaram em seu destaque. Mas o fato é que um filme da Liga da Justiça nesse mesmo aspecto não seria um resultado tão interessante como no Batman. Claro que não estou sugerindo que o filme seja uma comédia, mas o filme pede uma certa descontração, que poderia vir a ser desencadeada somente pelo Lanterna Verde e o Flash, com algumas piadinhas ou tiradas sarcásticas (Confesso que até o Batman com o seu tom sombrio pode arrancar alguns risos com algum tipo de ironia pra cima desses dois). Além disso, o realismo do longa seria escencial.

4- Tentar fazer o filme sem pressa e manter uma continuidade feita por histórias anteriores
A estratégia utilizada pela Marvel de lançar um filme solo de cada personagem, apresentando suas origens e seus dramas pessoais, para depois lançá-los na pancadaria sem limites em Os Vingadores já mostrou ser mais do que funcional. A Warner/DC já demonstrou ter pressa para lançar um filme do icônico supergrupo, mas tudo deve ser feito com calma. É certo que pra eles vai ser mais fácil, já que de todos o único que não tem tanta fama assim é o Ciborgue, mas uma estratégia parecida deve ser adotada. Lançar uns dois filmes por ano já ficaria de bom tamanho, levando em conta que o desastre que foi Lanterna Verde pode até servir como base e o novo Superman aparentemente fará referência ao possível universo cinematográfico da DC Comics.

5- Se não for se inspirar nos Novos 52, tomar como inspiração o arco Torre de Babel
Confesso que eu sou um grande admirador do arco Liga da Justiça: Torre de Babel, sendo pra mim um dos melhores já feito. Se a ideia de utilizar o primeiro arco dos Novos 52 não for aprovada ou nem sequer ser considerada (O que eu acho meio impossível), a série de histórias pode servir. Até mesmo tomar também a animação Justice League: Doom como referência seria interessante. Nesse caso, ao invés de Vandal Savage (Já que o Ra's Al Ghul não é exatamente um vilão da Liga), poderiam colocar Lex Luthor como cabeça da operação. Nesse caso, a equipe poderia ser: Superman, Mulher Maravilha, Batman, Lanterna Verde e Flash, sendo opcional a adição de Aquaman, Ciborgue, Caçador de Marte ou até mesmo Zatanna. Talvez até mesmo o Batman saia no final, mantendo-se fiel tanto aos quadrinhos como ao desenho, vindo a juntar-se novamente no futuro. Ou nunca né...

6- Deixar a origem o mais diferente possível da de Os Vingadores
Uma equipe de super heróis reunida por uma organização ligada ao governo dos Estados Unidos. Hoje em dia, é feita uma associação ligeira a Vingadores quando se descreve uma equipe assim. Logo, não seria interessante envolver o governo diretamente. Se a inspiração for Os Novos 52, a origem deveria permanecer a mesma: Cada herói lutando isoladamente quando todos eles acabam se reunindo por coincidência na mesma hora e local, decidindo assim formar um grupo. Se a inspiração por algum acaso ser Torre de Babel, poderiam deter os heróis um a um, sendo que o Batman ao descobrir tudo tenta impedir que o Lex atinja seus objetivos, sendo que finalmente compreende que sozinho ele não vai conseguir (Ideia essa que pode se fixar na cabeça dele, o que futuramente faria ele aceitar o Damian como Robin).

7- "Limar" alguns heróis da lista do primeiro filme
Como ainda não sabemos que rumo o filme vai tomar, tanto o enredo como a equipe são incertos. Mas existem alguns heróis que não seria certo por logo no primeiro filme, assim como tem heróis que seria simplesmente insuportável ver em tela junto com os Maiores Heróis da DC Comics. Arqueiro Verde, Shazam e Gladiador Dourado ainda não estão "prontos" para aparecer de primeira, sendo que poderiam aparecer no 2 ou 3. Já Gavião Negro, Fogo, Gelo, Soviete Supremo e Senhor Incrível são exemplos de heróis que não cairiam bem nunca em um filme da Liga.

8- Por easter eggs que façam referência a uma continuação
Uma coisa divertida em assistir filmes de super heróis adaptados em HQ's é por easter eggs que levem os mais fanáticos a tentar elaborar de última hora como seria a continuação, e essas referência não devem ser feitas nem de forma muito escondida, nem de forma muito destacada. Mesmo sendo muito longe pensar numa continuação sendo que o primeiro ainda nem foi oficialmente divulgado como um projeto sólido, mas um segundo filme da Liga da Justiça só pode ter dois rumos: David Graves ou Terra 2. Caso seja a primeira opção, mostrar o escritor durante algumas partes do filme seria legal. Ou se for a segunda, fazer referência a Caçadora ou a Poderosa.

9- Selecionar o diretor com atenção
A última coisa que um filme da Liga da Justiça precisa é de diretores que pouco dão atenção ao conteúdo do filme e concentram-se mais em pancadaria tipo o Michael Bay. Como Christopher Nolan já declarou que não vai estar envolvido com um filme do grupo, poderiam colocar Tarsem Singh, que dirigiu o Imortais, ou até mesmo Zak Snyder, SE o filme do Homem de Aço for bom.

10- Escalar um elenco de primeira
Outro trunfo de Os Vingadores foi o elenco escalado para interpretar seus heróis. Alguns (tipo Robert Downey Jr. e Jeremy Renner) já eram boas atuações garantidas, outros foram surpresas (Leia-se Chris Evans e Chris Hemsworth). Henry Cavill pode ser um bom Superman. Ryan Reynolds, mesmo tendo atuado num filme ruim, pode fazer um Hal Jordan melhor do que aquele que vimos lá, sendo esse um dos pontos do filme que tem salvação. Um elenco que pode ser considerado é:

- James Franco (Batman)
O ator que a uma década atrás foi visto nas telonas como Harry Osborn agora cresceu e pode ser visto em filmes muito bons (Planeta dos Macacos - A Origem foi um dos melhores com ele). Logo, acho que um Batman tendo ele na frente seria uma boa ideia.
-Rosamund Pike (Mulher Maravilha)
A Jane Bennet de Orgulho e Preconceito foi vista recentemente no filme Furia de Titãs 2 no papel de Andrômeda. O fato dela já ter interpretado uma personagem semelhante a Mulher Maravilha, e ter feito o papel razoavelmente bem faz com que ela seja uma boa candidata ao papel (depois que tingir o cabelo de preto).
- Bradley Cooper (Flash)
Bradley já se mostrou bom tanto em filmes de ação (vide Sem Limites) como em filmes de comédia (Todo mundo aqui já deve ter assistido Se beber não case!), e uma mistura dessas duas polaridades renderiam um bom Flash no filme da Liga.
- Chris Pine (Aquaman)
O Kirk do novo filme do Stark Trek foi uma ótima atuação, e mesmo sendo um personagem descartável, o rei de Atlanta também merece uma atuação tão boa quanto a do resto do elenco principal.
- Brandon T. Jackson (Ciborgue)
Ele já apareceu em Trovão Tropical, já apareceu no primeiro filme da franquia do Percy Jackson, e também poderia ser escalado a aparecer no filme da Liga da Justiça no papel do herói trágico metade homem metade máquina. Ele recebe meu voto pra atuar num filme do grupo de supers da DC.

E vocês, leitores do blog do FH, o que acham que deve estar num filme da Liga da Justiça?


10 comentários :

Anônimo disse...

Concordo com quase tudo. Adorei a ideia de usar Os novos 52, mas não gosto do Cyborg na Liga, prefiro mil vezes o Caçador de Marte, imaginem os efeitos visuais dos poderes do marciano...
Outra é que não consigo ver a Mulher Maravilha sendo interpretada por outra atriz que não seja a Bridget Regan, além de ter um rosto de princesa é ótima atriz e não muito conhecida do público assim vai convencer logo de cara.

Justice Fighter disse...

Concordo com quase tudo. Não me agrada nada o SuperMan não estar incluido visto que ele é a cara da liga daa justiça. E não faz muito sentido o cyborg estar na liga. Era preferivel o caçador de marte. Alem de que, o caçador de marte tem poderes que ajudam mais a liga da justiça do que o ciborg. Não gosto de que o aquaman esteja incluido em vez do SuperMan. E o cyborg nao devia entrar no filme, mas sim O Caçador de Marte

VUINISHIUSU "SOUSUKE" disse...

Não daria certo colocar o Darkseid, porque haveria conflito de interesses, seria uma ligeira cópia de vingadores com o Thanos, sendo este seu futuro antagonista, poderiam colocar Lex Luthor com a Liga da Injustiça ou então inspirar no arco da torre de babel, seria show de bola.

Vert disse...

É... Não conhecia a Bridget Regan. Concordo que a fisionomia dela é semelhante com a da amazona, mas não posso falar da atuação, já que ainda não assisti nada com ela.
Sobre o Ciborgue ou Caçador de Marte, eu sou fã dos dois, mas no contexto dos Novos 52 se encaixa melhor o Ciborgue (NA MINHA OPINIÃO) ;D

Vert disse...

VUINISHIUSU "SOUSUKE"
De fato, ficaria parecido com Vingadores, mesmo sendo um arco que seria bom se ver nas telas.
Caso fosse inspirado na Torre de Babel, poderiam fazer como na animação Justice League: Doom, com uma Liga da Injustiça que nessa situação seria formada por Lex Luthor (Ao meu ver o público ficaria mais animado pelo careca ser mais carismático e famoso mundialmente), sendo que a Liga seria formada pelo Batman enquanto ele ia curando os heróis de suas respectivas derrotas.

Justice Fighter
Não sei se você entendeu, mas a ausência do Superman e do Lanterna Verde naquela lista de sugestões é porque eles já são representados por Henry Cavill e Ryan Reynolds respectivamente, flw? ^^

novos x-men por lucas disse...

Sabe... outro ponto que eu julgo essencial... é a ameaça envolvida. quem seria o vilao ??

Antonio Laylton disse...

Aew galera! Tow querendo fazer um desenho do Superman mas ñ sei se faço com a cueca por cima da calça como manda a tradição, ou se faço baseado no uniforme do filme sem a cueca por cima. Como aki tem fãs de primeira queria saber a opinião de vcs...Vlw!
O desenho vai ser postado aki:
www.antoniolaylton7.wix.com/antoniolaylton7

Antonio Laylton disse...

Postei o rascunho lá no site; Brevemente postarei colorido! Quem quiser comentar algo sobre, manda pro hotmail em "contato" no site! Vlw

Besouro Negro disse...

Eu gostei da lista e das idéias, mas prefiro o Raio Negro do que Ciborgue

Anônimo disse...

Concordo completamente com voce! Nao acho q o lugar do cyborg seja na liga e se for pra fazer um filme definitivo, TEM QUE TER O CACADOR DE MARTE!