Fábrica de Heróis
Crie seu personagem

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Quem anda espiando a Jessica?


O feitiço de Killgrave dominou o mundo.


O Netflix não divulga números de audiência, ele não precisa. O que importa é manter os assinantes pagando o carnê a assinatura, você é que manda no controle remoto. O que se sabe é que são mais de 60 milhões de assinantes e que o serviço já está presente em (quase) todo o mundo. Porém, com o objetivo de comparar a audiência do serviço de streaming com a TV - o que não nos interessa aqui - Alan Wurtze, Presidente de Pesquisa e Desenvolvimento da NBC, encomendou uma pesquisa e os números revelaram que as séries de maior audiência são:

Jessica Jones

4,8 milhões

Master of None

3,9 milhões

Narcos

3,2 milhões

Orange Is The New Black

644 mil

A informação interessante disso aí é ver uma super-heroína marvete liderando o rank de espectadores do serviço de distribuição de filmes e séries que mais cresce no mundo! A pesquisa foi feita com adultos entre 18 e 49 anos. Durante 35 dias, entre setembro e dezembro de 2015, foi medida a audiência por episódio assistido. E parece que o Killgrave enfeitiçou todo mundo.
E mais, esse ano o Netflix investirá 5 bilhões em conteúdo original, alimentando novas temporadas de 16 séries e trazendo 31 lançamentos originais ao longo do ano! E o contrato do Netflix com Disney, Marvel e ABC ainda trará pra casa séries do Luke Cage, Punho de Ferro e Defensores. Quem chega primeiro em 2016 é o Demolidor, em março, seguido do Luke Cage, em abril.

[UPDATE 18/01]


Anunciada a segunda temporada de Jessica Jones, ainda sem previsão de estreia.
O chefe de conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, ainda desmentiu os dados da NBC:
"Visto que os dados são notavelmente imprecisos, espero que eles não tenham gasto dinheiro com isso. [...] Eu nem sei quantos usuários entre 18 e 49 anos nós temos. Nós não os rastreamos. Essas amostras não dão toda a informação sobre as pessoas que estão assistindo milhares de shows [do Netflix] ao redor do mundo. Em algum lugar do mundo, a cada segundo de cada dia, alguém está dando play em um original Netflix. O consumo do Netflix não pode mensurado como o de TV por assinatura."

Nenhum comentário :